sexta-feira, 11 de maio de 2012

Desenhos que deveriam virar filmes

Muita gente pode não saber, mas eu adoro desenhos animados.
Pra mim, os desenhos foram feitos para representar uma versão distorcida do nosso mundo.
...
Uau, que surreal, não?
...
Voltando, também adoro filmes baseados nessas séries animadas, mas algumas séries sequer ganharam uma versão adaptada para os cinemas.
Hoje, selecionei algumas só pra ver se os diretores teriam coragem de adaptá-las para a tela grande.
Vamos lá!
Futurama
Diretor: James Cameron ou Steven Spielberg
Sinopse: "Philip Fry (Zack Ward) é um entregador de pizza de Nova York. No Ano Novo de 1999, Fry acaba caindo numa máquina criogênica ao ser enganado por alguém que se chama "I. C. Wiener". Então ele vai parar em 3000, onde é recepcionado por Leela (Sofía Vergara), Bender (Charlie Sheen), Dr. Zoidberg (Bruce Campbell) e o velhote Dr. Farnsworth (Christopher Plummer), onde ensinam a Fry como é a vida futurista de um modo, digamos... comprometedor."
Se um desses diretores seguirem essa regra, será um sucesso.
Ren & Stimpy
Diretor: Raja Gosnell ou Tim Burton
Sinopse: "Hericka Thurman (Jennette McCurdy) é uma menina com um coração de ouro. Um dia, ela encontra Ren Hoëk (Jim Carrey) e Stimpy J. Gato (Billy West) e os adota. Ela só não sabe que ela está se metendo em uma confusão assustadora quando a dupla trama um plano pra conseguir uma vida moderna como Ren imaginava."
É meio simples e um clichê absurdamente batido, mas dará certo. Eu acho...
Freakazoid!
Diretor: Joel Schumacher ou Steve Oedekerk
Sinopse: "Dexter Douglas (Nathan Kress) é um estudante nerd que estuda em Harvard. Uma noite, ele acidentalmente ativa um defeito, e é transformado no Freakazoid! (Jim Carrey). A ação continua quando O Lobo (Damon Wayans) pretende dominar o mundo, contando com o auxílio de Candle Jack (Jennette McCurdy). Será preciso muito poder (e bastante irresponsabilidade) para detê-los."
Também é um clichê batido, mas compensa.

E é isso.
Sei que o artigo de hoje saiu meio curto, mas hoje estive com pressa demais.
A seguir um artigo onde eu não fale tanto de Jennette McCurdy.
...
Que se dane, vou falar dela até eu morrer!
Caramba, sou apaixonado por ela. Não caiu a ficha pra vocês?
Bazinga!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário