quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Mês do Terror: As "criaturas" mais tenebrosas do cinema!!


Olá, caros leitores! Como estão indo? Hoje, pela primeira vez farei um artigo macabro, com direito a entranhas, músicas melancólicas do Danny Elfman e Satã.

Mas bem, como sempre atraso nos artigos por falta de tempo (e material suficiente), não consigo publicá-los no dia em questão, assim sendo essa deve ser a primeira vez que publico um artigo temático.

E hoje falarei sobre dez "criaturas" malignas que são tenebrosas, irritantes, desagradáveis, bizarras e outros adjetivos conhecidos pelo dicionário Aurélio.

Portanto vamos até esse freak show de uma vez!


10º lugar - Pinguim

Começando com uma... criatura que sequer deveria ter nascido.

Vejam bem, Oswald Cobblepot nasceu gordinho e com uma deformidade e os pais dele o rejeitaram por ser mais feio que o Peter Griffin, então foi jogado no esgoto, onde foi criado por pinguins.

Como pinguins foram parar no esgoto de Gotham é algo que eu jamais vou saber, considerando tantas coisas inesperadas que acontecem na cidade. Oras, não é todo dia que um advogado é atingido por um ácido, ou uma psiquiatra se apaixona por um maníaco que sorri mais do que alguém que injetou botox até o ânus estourar.

...

Mas enfim, sob o codinome "Pinguim", ele cresceu com o circo junto com outras aberrações piores que ele pra então se tornar um sujeito fedorento e mais feio que o Mickey Rourke.

E ele foi interpretado por Danny DeVito nos anos 90! Poucas pessoas tem a estatura ideal pra interpretar um personagem cuja franquia nunca foi lida por Tim Burton.

Ok, Burgess Meredith também o interpretou, mas ele era alto e tinha uma pança de cerveja. Só porque é um vilão não quer dizer que tem que ser fora de forma.


9º lugar - Cavaleiro sem Cabeça

Vou dizer, quando Tim Burton lançou A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça todo mundo ficou de queixo caído. Não vejo ninguém melhor que Christopher Walken pra este papel.

Diabos, olhem bem pra foto e me digam se ele não é macabro!!

Porra, ele arranca cabeças com um machado enquanto anda montado em um cavalo. Nem mesmo Motoqueiro Fantasma mata demônios em movimentos, a menos que estivesse com muita pressa.

Digo, se o Motoqueiro Fantasma estivesse num engarrafamento ele teria mais tempo de capturar entidades sobrenaturais ao invés de falar arrotando como se fosse o Vin Diesel.

Mas no caso do Walken... creio que ele nasceu pra fazer papel de gente do MAL!!! Eu poderia citar vários, mas não quero morrer falando os nomes.

Imagine se ele estivesse nesse momento atrás de você com um machado prestes a arrancar sua cabeça e defecar no seu pescoço. Quais as suas chances de sobrevivência? Me diga!


8º lugar - Chucky, o boneco assassino

Sim, bonecos dão medo!

Lembro que teve um episódio de Sam & Cat em que as duas são recrutadas pra cuidar de uma boneca, afinal as duas são babás tão eficientes que até cuidaram de um bode!

...

Acho que Dan Schneider anda cheirando muito gato pra criar esse tipo de coisa.

Mas bem, Chucky um dia foi um serial killer interpretado por um vilão do Senhor dos Anéis até que sofreu um grave acidente automobilístico. Por alguma razão, Chucky transferiu sua alma para um boneco através de satanismo.

Tenho minhas dúvidas de onde um criminoso aprendeu a fazer ritual satânico. Provavelmente ele deve ter pego aqueles panfletos que estavam no camburão ou deve ter dividido a cela com Charles Manson e a tropa que matou a esposa do Roman Polanski e aprendeu entre um porre e outro.

Ou talvez aprendeu pra matar o elenco da novela Rebelde.

A versão brasileira, é claro. Os mexicanos sabem fazer novelas decentes.

Mas claro que ser um boneco falante tem suas vantagens. Se não fosse um assassino, Chucky poderia ser um Ewok, garoto propaganda de fraldas ou até mesmo ser o novo Mini-Mim.

Bom, A Maldição de Chucky foi lançada, então oportunidade é o que não falta. Afinal, ele precisa sustentar a mulher e o filho horroroso e eunuco que tiveram na sua relação infrutífera.

Seja lá como deve ter sido, é capaz até dele ser o pai do Jigsaw.


7º lugar - Conde Orlok/Nosferatu

Antes dessa merda de Crepúsculo contaminar mais que gonorreia, vampiros eram assustadores pra diabo! Até mesmo o do Bela Lugosi (que Deus o tenha) fez gente borrar as calças.

Agora o que mais surpreendeu foi a versão alemã do Drácula. Como o diretor não conseguiu os direitos, ele mesmo fez a versão não-autorizada, com alguns nomes sendo trocados.

Mas não adiantou, pois pessoas relacionadas ao autor Bram Stoker (que escreveu Drácula, pra quem não é chegado em leitura) processaram o diretor e destruíram QUASE todas as cópias do filme.

A que restou fez sucesso mundo inteiro, até mesmo no Brasil. Com a famosa cena em que Orlok está subindo na escada com sua sombra sendo mostrada, Nosferatu se tornou a obra-prima do cinema.

E antes mesmo de Star Wars ser lançado, o que mostra que o mundo muda com apenas um filme.

Evidentemente, o filme foi dramatizado nos anos 2000, onde Willem Dafoe fez um excelente Max Schreck mostrando como foi a dificuldade em fazer um filme de horror em preto e branco.

Somente Dafoe, Schreck e Leslie Nielsen sabem fazer vampiros decentes.

Maldito Robert Pattinson e seus sofrimentos dignos de uma bicha enrustida!!!!

6º lugar - Zumbis

Antigamente, zumbis eram seres bizarros saídos da mente insana do independente George A. Romero. Descrito como seres comedores de carne humana, gerou até uma certa controvérsia devido a extrema violência presente.

Pelo menos na versão em cores.

Hoje em dia temos zumbis maratonistas e até em grupo como se estivessem numa excursão. Porque zumbis foram criados com um único propósito: mostrar que o fim está mais próximo do que a gente imagina.

Pelo menos em The Walking Dead e Zombieland os zumbis são lerdos como o George Romero criou.

Nada contra zumbis que preferem correr, o problema seria numa ladeira. E se tivesse uma pedra no caminho? Com certeza o zumbi iria cair rolando e renderia um bom vídeo pra ser exibido nos programas dominicais ou no Jackass.

Abençoado seja o seu Romero!


5º lugar - A Bolha Assassina

Eu sinceramente não sei o que diabos é essa coisa. É um molho de tomate? Aquelas geleias que as mães compram pra gente ficar quieto? O sangue que saiu da vagina nojenta da Amy Winehouse e busca revolta?

A Wikipédia diz que é um alienígena, e não vejo mal nisso. A simbionte do Venom também é alienígena, mas nunca o vi corroendo um prédio ou dissolvendo uma pessoa inteira.

...

Corroer e dissolver é a mesma coisa? Se for, alguém me avisa, por favor!

...

Mas pelo menos a Bolha teve carisma de aparecer num filme infantil, com a personalidade de alguém que enfia crayons no nariz.

Às vezes a vida é tão bela, não é?


4º lugar - Leatherface

...

Calma gente!! Não é a Dilma!

Leatherface é um serial killer casca grossa que usava uma máscara feita com pedaços das suas vítimas. E usava terno, o que talvez indique que ele seja uma Testemunha de Jeová revoltada e se vingando de todos que bateram a porta na sua cara.

Isso até ele se tornar um travesti gritão nos filmes recentes.

E é interessante como ele foi inspirado num assassino real. Ed Gein também usava uma máscara com pedaços das vítimas, o que deve ter ajudado Tobe Hooper na criação.

E ele adora usar serra elétrica como arma!!! Nem mesmo lenhadores se apegariam a um instrumento de trabalho a ponto de arrancar fora as cabeças de alguns tarados.

...

Podia ter arrancado a cabeça de umas pessoas chatas, mas não se pode ter tudo né?


3º lugar - Michael Myers

Uma coisa que me intriga em serial killers é o tamanho absurdo.

Um serial killer que se preze precise no máximo ter dois metros ou mais e ser à prova de balas. E claro, com uma máscara famosa e ter sua própria franquia de filmes.

Por que acham que o Jason tá aí até hoje?

Mas Michael foi vítima do infortúnio ao matar sua irmã. Foi internado no Asilo Arkham e fugiu de lá com uma máscara do Capitão Kirk atrás da Jamie Lee Curtis.

E acham que Halloween mamou só em Michael Myers? Claro que não!!! Também teve um terceiro filme (que nem tinha Michael porra nenhuma) e a abominável trilogia do pseudo-diretor Rob Zombie.


2º lugar - Freddy Krueger

Eu vou abrir o jogo: eu falo demais.

Não só falo como também eu corto meus amigos pra dizer o que minha mente manda.

Mas Freddy Krueger precisa sossegar!!!

O laminado assassino é caracterizado pelas suas luvas, a cara deformada e seu suéter listrado, mas também pelas suas mortes roteirizadas e cômicas.

Sempre que alguém está prestes a virar fumaça, Krueger precisa soltar suas pérolas, senão ninguém gosta do filme!!

Diabos, ele até saiu na porrada com o Jason e olha que era preciso ter coragem pra encarar um sujeito daqueles.

Aliás, falando nisso...


E a criatura mais assustadora que faz pessoas com diarreia se borrarem sem enemas é... Jason Voorhees!

Ahh sim, Jason com certeza merecia seu lugar aqui. Este sujeito alto e faminto por morte de adolescentes impulsivos pelo sexo teve um passado muito... bagunçado.

Vejam bem: ele era filho da cozinheira Pamela e ele sofria bullying por ser "especial", aí ele morreu afogado por causa de monitores com fogo no rabo. Resultado: Pamela enlouqueceu e resolveu meter a faca em metade de todo mundo que frequentava Crystal Lake.

...

Até ser decapitada.

Agora o que eu acho mais legal no Jason é que ele age feito o MacGuyver. Qualquer coisa pode ser usada como arma: machados, vasos, tacos de baseball, televisões, notebooks, tablets, fornos de micro-ondas, postes, Transformers, uma estação espacial e o que mais estiver no seu caminho.

E não importa quantas vezes ele é baleado, esfaqueado, eletrocutado, afogado (pela segunda vez), penetrado (isso pega mal de muitas formas), pisoteado, mijado, cagado, ele sempre vai ressurgir das cinzas!

Quem diria que Christopher Lambert teria um parente imortal, não?

E é isso. Tenham um ótimo halloween e cuidado com goblins, fantasmas, gremlins, a Dilma, gente com máscaras (malfeitas) do Obama e outras coisas que podem te matar.

Até a próxima ocasião!!

Boo-Zinga!

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Grandes nomes que mereceram estrelas na Calçada da Fama

Olá, meus queridos blogueiros do Brasil e do mundo!!! Mesmo em clima de halloween, infelizmente não poderei desconstruir filmes de horror... ou de comédia de horror... ou horror que assusta de ser tão ruim.

Hoje pretendo dedicar este artigo inteiramente às pessoas que mereceram destaque na Calçada da Fama.

E se você não conhece nenhuma delas... tome vergonha na cara!!!

Mas como hoje estou de bom humor, vou dar a vocês todas as informações necessárias, portanto não empurrem e aproveitem o tour!


Adam West

Vamos lá, me dê um motivo pra ele não ter recebido uma honra dessas.

Pensem bem: Adam West é famoso por ter interpretado um certo Cavaleiro das Trevas, cuja fama o levou até as versões (mal) animadas da Filmation, e ainda tem um personagem com seu nome num programa que se parece com Os Simpsons.

Além do mais, ele já interpretou a si mesmo num episódio de Johnny Bravo, mostrando que até no modo civilizado as onomatopeias o perseguem.

Não é só isso, como também o "Batman dos anos 60" (como é conhecido, de modo a se diferenciar das suas versões porcas dos anos 40) popularizou a cultura na terra do Tio Sam? Oras, onde mais Joel Schumacher se inspiraria pra dar início ao horroroso Batman & Robin? E onde mais Christopher Nolan se inspiraria pra dar início à sua trilogia sombria estrelada pelo Christian Bale?

...

Ele tecnicamente visitou a Batcaverna da série antiga pra se inspirar lá. Não pensem besteira.

Enfim, por nos mostrar que até mesmo o grande detetive do mundo pode ter uns quilos a mais e não se incomodar com isso nem com um Robin magricelo ou um Coringa que só quer "comer a tia do Batman", Adam West tem meu respeito.


GODZILLA!!!!

Ora, até mesmo o "Rei de Todos Os Monstros" merece sua estrela, certo?

Vejam bem, ele foi capaz de destruir maquetes de prédios "acidentalmente" (até chegar Power Rangers com seus Megazords destruidores), já batalhou com centenas de dezenas de milhares de monstros e ainda pulverizou o "Zilla" do Roland Emmerich!

Pra quem não lembra, Emmerich (que adora destruir o planeta com seus filmes tão caros que deixam os estúdios à falência) fez uma versão do Gojira, e convenhamos... ficou uma bosta.

Ah sim, Godzilla também teve um filho, o que deixa em dúvidas sua verdadeira sexualidade.

Afinal, ele é macho, uma vez que é referido como "O Godzilla"... até eu mesmo o chamei de "Rei de Todos Os Monstros", e todo mundo é testemunha.

Enfim, Godzilla podia até ser um travesti gritão que seria o mesmo lagarto de borracha destruidor de maquetes.


Michael Jackson

Sabe, em algum momento das nossas vidas queríamos ser o Michael Jackson.

Imagine só, fazer zumbis dançarem, poder andar pra trás, ter seu próprio filme e ainda ser reconhecido mesmo depois de morto é algo que qualquer um sonharia, até mesmo o Tio Patinhas.

Claro, isso até vierem as acusações de pedofilia, a mudança na pele e as constantes cirurgias plásticas que você seria mais destacado que o Wally.

E seria culpa de quem? Da sociedade, que preferiu julgá-lo como monstro, ao invés de relembrar o que ele trouxe pro mundo da música.

Por que acham que a Madonna ainda está fazendo sucesso mesmo sendo velha e gasta?


Leslie Nielsen

Poucas pessoas podem dizer que Jim Carrey é quem merecia uma estrela, mas Nielsen é quem tem a veia artística!

Não esqueçam que Nielsen é capaz de se qualquer coisa: policial, detetive, personagem cego de série animada, agente secreto, Presidente dos Estados Unidos da América, além de fazer tantas caras e bocas que ninguém conseguiria superá-lo.

...

Bom, talvez Ernest P. Worrell, mas quem se importaria?

Desculpe Jim, mas Leslie Nielsen é o rei da comédia. Quem sabe quando você morrer te valorizem mais né?


Jim Henson

O pai dos Muppets também merecia uma dessas. Jim Henson foi um dos pioneiros na arte dos fantoches, dando vida a seus bonecos mais conhecidos como Caco o Sapo (que também ganhou uma estrela), Miss Piggy, Cookie Monster, além de inspirar outros artistas.

Sabem o Frank Oz, aquele cara que interpreta o Mestre Yoda? Então, ele era do elenco dos Muppets. Legal, né?

Vale ressaltar também que ele foi responsável pelas enormes roupas das Tartarugas Ninjas, o que levou ao segundo filme ser inteiramente dedicado a ele.

Assim sendo, meu trabalho por aqui terminou.

Até alguma próxima ocasião.

Bazinga!!!