domingo, 10 de junho de 2012

Filmes corajosos

Vamos ser francos: poucos filmes tiveram bolas o suficiente para levar um humor irreverente para as telas do cinema.
Hoje em dia, se consegue sucesso com O Lorax ou Os Vingadores, mas quando viram o sucesso que Scary Movie (título original de Todo Mundo em Pânico) conseguiu?
E nem vem com o papo de que Jason Friedberg e Aaron Seltzer são diretores. Eles só conseguem entupir um filme com piadas sem graça que só retardados com 14 anos vão achar graça.
E tem gente que reclama da saga Crepúsculo. Também acho a série gay e feminista demais, não os culpo.
Hoje, vou mostrar os filmes que tiveram coragem do que poucos tem hoje em dia.
Muito bem, vamos lá!
Madagascar
Ah sim, a trilogia da DreamWorks não podia ficar de fora!
Caso não lembrem, vou falar por que o filme está nessa lista.
Bem, no primeiro filme (quem não viu é um otário), os animais escapam do zoológico do Central Park, e passeiam por Nova York.
Alex, o leão, é atingido por um dardo tranquilizante onde começa a ter alucinações psicodélicas (que é uma clara referência às drogas, em especial uma chamada "adrenalina), e depois mostra lêmures curtindo a festa rave mais intensa do que a mostrada em Matrix Revolutions.
Já em Madagascar 2, claras referências a morte são mostradas, como o sacrifício em um vulcão ou os potentes chutes nos testículos providenciados por uma senhora com idade mental de uma criança de 4 anos.
Agora, preparem-se: o terceiro filme faz uma engraçada piada sobre o ânus de um elefante!!
Verdade!!
Bom, a piada é mais ou menos assim:
"Sabe qual a diferença entre uma caixa de correio e o ânus de um elefante?
"Se você não sabe, ache outra pessoa para colocar suas cartas!"
Duvido que alguém tenha entendido, mas eu ri tanto que quase me expulsaram da primeira fila.
De fato, Madagascar 3 ganhou pontos malucos comigo.
Frankenweenie
Tim Burton teve bolas de verdade para fazer um filme desses.
Aqui, um cãozinho é brutalmente reduzido a sushi e seu dono o reencarna.
...
A explicação vai ficar melhor com o review, aguardem!
Enfim, Burton fez isso no estúdio de Walt Disney, e levou um pontapé no traseiro porque os executivos acharam assustador demais para as crianças.
Fracotes!
Pois bem, amo esse filme, e quem ler o review vai amar também!
Barnyard
O filme do diretor de Jimmy Neutron e Ace Ventura 2 teve a audácia de mostrar um boi hermafrodita.
Não, sério. Qual espécie de boi possui tetas de vaca?
Bom, a menos que seja uma vaca do Boy George ou do Village People, um boi de respeito jamais teria as tetas de uma vaca, não?
E já perdi total confiança nos filmes do Steve Oedekerk.
Damn, odeio Kung Pow e tudo que Steve Oedekerk criou!
...
Menos os curtas dos Thumbs, aquilo que é humor de verdade!
E é isso!
Sei que falei de poucos filmes, mas tá tarde e eu queria logo sair!
Qualquer dia falo de Jogos Mortais, prometo!
E também porque eu queria substituir o "polêmico" artigo da Jennette McCurdy por causa de uma McCurdian que é amiga minha!
Maldita!
Até julho, pessoal!
Bazinga!

Nenhum comentário:

Postar um comentário