segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Série dos Mortos - Capítulo 3: Remakes

Nos anos 60, George A. Romero bombou os cinemas americanos com sua série de filmes de zumbis começando com Night of the Living Dead. O que havia começado com uma experiência amadora acabou dando uma carreira promissora à George Romero. Toda obra que se preza merecia uma refilmagem (A Hora do Pesadelo, Dia dos Namorados Macabro, Hellraiser, O Massacre da Serra Elétrica, Sexta-Feira 13, Halloween), e então os três clássicos de Romero foram refilmados com um novo visual, mas com aquele mesmo terror que Romero. Este último capítulo está apenas os três remakes que fizeram ou fazem sucesso até hoje nos Estados Unidos.
A NOITE DOS MORTOS-VIVOS (Night of the Living Dead, 1990)
O diretor dessa refilmagem é o maquiador Tom Savini. Bem, já falei desse filme no artigo anterior, então não repetirei. Como toda refilmagem que se preze, há os mesmos elementos do filme original, porém como está tudo colorido, não há mais do que reclamar.
MADRUGADA DOS MORTOS (Dawn of the Dead, 2004)
Refilmagem do clássico Despertar dos Mortos, o diretor da vez é Zack Snyder, de 300 e Watchmen. O longa, porém, não traz novidades quando o assunto é refilmagem de um filme feito anos atrás. Pouca gente viu o filme original, mas esse longa deu uma atualizada na filmagem utilizando IMAX, tecnologia usada mais tarde pelo diretor Christopher Nolan em Batman Begins e O Cavaleiro das Trevas.
DIA DOS MORTOS (Day of the Dead, 2008)
Lembram de Steve Miner? Ele foi o responsável por dirigir Sexta-Feira 13 Parte 2, Sexta-Feira 13 Parte 3 e Halloween H20: 20 Anos Depois. E agora, ele comanda essa refilmagem perturbadora até a medula. Sim, não é só uma refilmagem de um clássico, como também Steve Miner acrescentou tensão e medo envolvendo um mundo pós-apocalíptico tomado pelos zumbis (enredo que seria homenageado em Zumbilândia). Poucos foram os sobreviventes, e além de rolar algumas paixonites (como no filme inglês Extermínio e em Resident Evil 2: Apocalypse), o filme é totalmente ridículo. Apesar de ser um grande plágio de Zack Snyder's Dawn of the Dead, ainda tenta ser fiel ao original dando lugar à zumbis lentos e mudos (os de Dan O'Bannon eram paralelos, pois corriam feito maratonistas natos). Totalmente inútil.
E aqui encerra a série dos Mortos.
Espero que tenham gostado, e mandem sugestões de artigos nos comentários!

Nenhum comentário:

Postar um comentário